30 de jan de 2011

Face-lift dá sobrevida a Suzuki Bandit 650

Com a bem sucedida proposta de ser uma “moto com cara de moto”, a linha Suzuki Bandit de 650cc se mantém no mercado há mais de uma década. Mas até mesmo veículos que viraram ícones, caso desta naked japonesa, precisam se atualizar. Por isso, desde outubro, a J.Toledo/Suzuki comercializa no Brasil a mais recente versão da Bandit 650N, além da semicarenada reformulada, a 650 S.

Apresentada em 2008 na Europa, a Bandit N (de naked) ganhou visual mais moderno, mas manteve o mesmo motor e ciclística. Uma aposta da marca para manter a Bandit na briga pelo segmento de 600cc. Fatia de mercado que, vale ressaltar, ganhou vários concorrentes no último ano no Brasil: no início de 2010, a Yamaha lançou a XJ6N; a Kawasaki vende a Z 750 e a bicilindrica ER-6n; e a Honda tem a líder CB 600F Hornet.
Novo visual
Para dar uma sobrevida a essa veterana naked, a Suzuki começou a atualização pelo farol. Em vez do tradicional conjunto óptico redondo, os projetistas apelaram para formas ovais e mais atuais. O farol também ganhou uma pequena cobertura prata nas laterais. As luzes de direção (setas) também seguiram as linhas ovais. A lanterna traseira ficou menor e um pouco afilada.

Mudou também o painel. Saíram os dois mostradores redondos e um tanto antiquados e chegou um painel com conta-giros oval e tela de cristal líquido retangular. Bastante completo com velocímetro, hodômetro, relógio, marcador de combustível, traz ainda um útil indicador de marcha engatada – único entre as nakeds de 600cc.

O tanque manteve o mesmo formato e capacidade (19 litros). No restante as mudanças na roupagem foram poucas: as aletas decorativas do tanque agora são inteiriças e o desenho da rabeta mudou sutilmente. Por fim, o motor recebeu novamente a pintura preta de versões anteriores.

Em geral a Bandit 650 2011 ficou mais bonita e um pouco mais moderna. Isso porque se compararmos a naked da Suzuki com concorrentes como Yamaha XJ6N, Honda Hornet e Kawasaki Z 750 ela ainda parece um pouco antiquada. Ao menos visualmente.
Motor e ciclística: mais do mesmo
Tanto o motor como a ciclística da Bandit continuaram iguais. Não que isso seja um defeito, afinal essa Suzuki tem suas qualidades, caso contrário não estaria há tanto tempo na estrada.

Praticamente um ícone, o propulsor de quatro cilindros em linha tem 656 cm³ de capacidade cúbica com comando duplo no cabeçote e quatro válvulas por cilindro. Os números de desempenho e o comportamento do motor continuam o mesmo: 85 cv a 10.500 rpm. Com o sistema de alimentação eletrônica o torque em baixas e médias rotações é um dos pontos positivos da Suzuki Bandit 650. O piloto tem a sensação de que o motor está sempre pronto a responder. Assim como nos altos regimes, quando a potência parece empurrar com facilidade essa naked.

E vem justamente desse motor um dos grandes motivos do sucesso da Bandit: seja para rodar pela cidade sem trocar muito de marcha, usufruindo da “força” do propulsor, ou para acelerar mais esportivamente, o motor de quatro em linha responde bem. Claro que seus 85 cavalos de potência não são grande coisa comparando com os 102 cv da Hornet ou com os 106 cv da Kawasaki Z750, mas são mais do que na XJ6N (77,5 cv) e suficientes para proporcionar diversão ao motociclista.

Na parte ciclística, nenhuma novidade. Quadro berço duplo em aço, garfo telescópico dianteiro convencional e balança traseira monoamortecida. Todo o conjunto é projetado para oferecer mais conforto do que esportividade. Aliás, o acerto ideal para o uso em ruas e estradas, porém um pouco “mole” demais se você quiser pilotar em uma pista.

Outro destaque da Bandit são seus freios. Os dois discos dianteiros de 310 mm de diâmetro são flutuantes e “mordidos” por duas pinças de quatro pistões opostos. Na traseira, um único disco de 240 mm conta com uma pinça de um único pistão.

O único senão da Bandit é seu peso excessivo. Afinal são mais de 240 kg em ordem de marcha – a Yamaha XJ6N, por exemplo, pesa 206 kg em ordem de marcha. A Suzuki poderia ter investido em um quadro e rodas mais leves: tantos as rodas e pneus são exatamente os mesmos da versão anterior.
Na briga
O novo visual certamente dará mais fôlego para que a Bandit 650 continue na disputa pelo concorrido segmento de motos naked de 600cc. Rodando pelas ruas de São Paulo, essa nova Suzuki provou que manteve suas principais características, como motor vigoroso e amigável, conforto para o motociclista e agilidade para encarar o trânsito.

Apesar de as mudanças estéticas não serem tão radicais e a Bandit permanecer, na sua essência, a mesma motocicleta, não foram poucos os motociclistas curiosos que fizeram perguntas sobre o novo modelo. E, quase todos, ficavam um pouco decepcionados pelo fato de que não houve mudanças na motorização e ciclística.

De qualquer forma, com preço sugerido de R$ 29.900, a Suzuki Bandit 650 2011 ainda está na briga. Entre as concorrentes de quatro cilindros em linha, a Yamaha XJ6N tem preço mais em conta, R$ 28.600, porém motor menos potente e especificações mais espartanas. Já a Honda CB600F Hornet, líder de vendas no segmento, sai por R$ 33.260 na versão standard; e a Kawasaki Z 750, com motor de maior capacidade, custa R$ 33.990.
Ficha Técnica:
Motor Quatro cilindros em linha, refrigeração liquida, DOHC, 16 válvulas
Capacidade 656 cm³
Câmbio 6 velocidades
Potência máxima 85 cv a 10.500 rpm
Torque máximo 6,27 kgf.m a 8.900 rpm
Quadro Berço duplo em aço
Suspensão dianteira Garfo telescópico tradicional com ajuste na pré-carga da mola com curso de 130 mm
Suspensão traseira Balança oscilante com monoamortecedor com ajuste na pré-carga da mola e retorno com curso de 128 mm
Freio dianteiro Disco duplo flutuante de 310 mm de diâmetro com pinça de quatro pistões opostos
Freio traseiro Disco simples de 240 mm de diâmetro com pinça de um pistão
Pneu dianteiro 120/70 ZR17
Pneu traseiro 160/60 ZR17
Comprimento total 2145 mm
Largura 780 mm
Altura 1095 mm
Entre-eixos 1470 mm
Altura do assento 790 / 810 mm, regulável em duas posições
Altura mínima do solo 135 mm
Peso (em ordem de marcha) 240 kg
Tanque de combustível 19 litros
Cores Azul, prata, preta e vermelha
Preço R$ 29.900,00
Mais informações www.suzukimotos.com.br
Fonte : Equipe MOTO.com.br

Read more...

26 de jan de 2011

Problemas no freio traseiro !!

Freio traseiro apresenta defeitos em 49% das avaliações !!
Levantamento foi realizado durante 13ª edição do MotoCheck-Up
Das 4.000 mil motocicletas que passaram pela 13ª Edição do MotoCheck-Up, realizado pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), 49% apresentaram defeito no freio traseiro; 44% na caixa de direção e 42% no freio dianteiro. Mais de 30% das motos também apresentaram falhas no pneu traseiro, luz de freio e lanterna.

“O levantamento revela o perfil da frota circulante de motocicletas na maior capital do País. Os números mostram falta de manutenção no veículo, o que pode comprometer o funcionamento do equipamento no trânsito”, afirma o gerente de operações da Abraciclo e organizador do evento, Carlos Weiss.

Os dados preocupam ainda mais quando avaliada a quantidade de itens com defeito por moto. Mais de 30% das motocicletas apresentaram problemas entre quatro a seis itens; 11% trouxeram problemas entre 7 a 9 e 1% em mais de nove.

“Os condutores precisam fazer a revisão dos itens obrigatórios periodicamente, garantindo assim maior segurança nas ruas”, afirma o diretor executivo da Abraciclo, Moacyr Paes.

O MotoCheck-Up é uma ação educativa, que tem como objetivo de consietizar os motociclistas sobre a importância de manter a moto em dia, além de noções sobre direção defensiva. O evento já recebeu quase 23 mil participantes ao longo de 13 edições.
Fonte : Motovrum - Foto : Internet

Read more...

24 de jan de 2011

Hip Hip Hurra !!

Hoje quem comemora seu aniversário é o Josiel, o mais novo integrante da TRIBO DO ASFALTO..
Nós esperamos que sua vida seja cheia de alegrias e que este dia se repita por muitos anos..
E que as alegrias deste dia persistam para sempre!
Parabéns e Muitas Felicidades!!

Read more...

23 de jan de 2011

Aniversariante do Dia !!

Quem está completando mais um aniversário hoje é a Cida esposa do companheiro de TRIBO o Odair.
Que este dia seja de muitas alegrias e acontecimentos especiais.
E que Deus te abençoe e que você consiga realizar todos os seus sonhos!!!
Parabéns !!

Read more...

21 de jan de 2011

Eventos & Encontros da Semana !!

Read more...

19 de jan de 2011

Spot GPS

Conheça mais sobre esse inovador produto, pois todo motociclista de viagem precisa de um..

A estrada pode elevar nossos espíritos em especial quando é explorada em uma moto. Quer desfrutar a emoção da estrada em sua moto, leve SPOT com você.
SPOT permite que você compartilhe a sua viagem com sua família e amigos no Google Maps enquanto ela acontece! SPOT também alerta as autoridades informando sua localização em caso de emergência. Um pouco de segurança para ir cada vez mais longe, especialmente em áreas remotas onde o celular não funciona. Compartilhe sua rota, fotos, notícias e atualizações de suas aventuras com os amigos, família e outros usuários do SPOT.
Com SPOT Adventures, você pode compartilhar suas aventuras no portal spotadventures.com. Registre seu aparelho SPOT e curta essa nova comunidade online. O portal social permite compartilhar dados de localização GPS de seu SPOT quase em tempo real através de um mapa interativo. Sem contar que os contatos cadastrados na sua lista do SPOT, receberão um e-mail automático informando o link do Google Maps de onde você está em sua aventura.
Fonte: Divulgação RockRiders.com.br

Read more...

13 de jan de 2011

Uma moto de U$ 132.000,00

Fabricada em Munique, na Alemanha, em 1894, a Hildebrand & Wolfmüller foi a 1ª motocicleta a ser produzida em série. 
Em um leilão realizado no ano passado pela Bonhams Important Pioneer ela foi arrematada por U$ 132 mil – ou mais de R$ 230 mil – sendo que o lance inicial era de “somente” U$ 60 mil.

Os irmãos Hildebrand eram engenheiros que começaram experimentando com motores a vapor mas logo mudaram para os de combustão a gasolina. Se uniram então a Alois Wolfmüller e seu mecânico Hans Geisenhof, e dessa união surgiu uma motocicleta com um motor de 4 tempos e cilindros paralelos, refrigerado a água.
O mais incrível é que até pouco tempo era o maior motor já colocado em uma moto em série.
Depois veio a nossa Amazonas, mais essa história a gente conta em outro post.
Fonte : Autozine

Read more...

11 de jan de 2011

A família Ninja cresceu !!

A Kawasaki fechou 2010 com mais um lançamento, a Ninja 650R.

Aqueles que já experimentaram o desempenho de uma média cilindrada, agora podem dar um passo adiante e adquirir uma motocicleta de comportamento semelhante, mas de cilindrada maior. “A Ninja 650R chega ao Brasil para ser um intermediário entre a Ninja 250R e a Ninja ZX-6R.
Embora seja um modelo de alta cilindrada, seu comportamento é mais ‘amigável’ do que o de uma motocicleta superesportiva, além de possuir um bom torque sob baixas e médias rotações”, afirma o gerente de vendas da Kawasaki Motores do Brasil, Affonso de Martino. “Os iniciantes encontrarão um modelo de fácil pilotagem e motor mais contido, enquanto que os mais experientes desfrutarão da qualidade da família Ninja onde quer que a pilotem, seja em estradas ou em vias urbanas”, completa.

A ergonomia é “democrática”, já que seu assento é baixo e com uma curta distância entre o guidão e as pedaleiras, fazendo com que sua pilotagem seja simples e confortável até mesmo para os motociclistas de baixa estatura. Por fim, o modelo conta com o design característico da família Ninja, que conta com carenagem e linhas frontais de aspecto robusto e agressivo, permitindo ao piloto chamar a atenção onde estiver. Veja as principais características.

Perfomance do motor
O propulsor foi afinado para que haja uma entrega de potência com características que a torne compatível para pilotos iniciantes, como suavidade e resposta rápida sob baixas e médias rotações. O radiador de 40 mm oferece ao motor uma refrigeração eficiente.

Painel de instrumentos
As novas linhas são evidentes no design do painel de instrumentos, inspirado no conceito das principais categorias de motovelocidade. Essas características incluem um indicador de consumo de combustível, velocímetro digital, relógio, odômetro e tacômetro digital com barras indicadoras.

Vibrações reduzidas
O guidão é emborrachado para que as vibrações transmitidas aos punhos e aos espelhos sejam reduzidas. As pedaleiras do piloto e do passageiro também são confeccionados com este material para o mesmo fim. Isto colabora para que a Ninja 650R seja um modelo mais confortável e prazeroso de se guiar.

Farol traseiro em LED
Visto por trás ou lateralmente, o design do farol traseiro se destaca. O novo LED mais fino contribui para a imagem agressiva e moderna da motocicleta.

Freios
Discos dianteiros duplos de 300 mm e traseiros de 220 mm, ambos em forma de pétala, proporcionam grande capacidade de frenagem.

Motor: 4 tempos, bicilíndrico, refrigeração líquida
Cilindrada: 649 cc
Potência: 72,1 cv a 8.500 rpm
Torque: 6,7 kgf.m a 7.000 rpm
Alimentação: injeção
Partida: elétrica
Tanque: 15,5 litros
Peso: 208 kg
Cores: verde e preto
Preço: R$ 27.770,00 e R$ 29.990,00 (com ABS)
Fonte : Jornal Motovrum

Read more...

7 de jan de 2011

Aniversariante do Dia !!

O aniversariante do dia de hoje é o Odair parceiro de TRIBO DO ASFALTO.
Com certeza estaremos reunidos para comer aquele churrasco com aquela cervejinha gelada na casa do Odair hoje a noite.
Que mais este dia seja de muitas alegrias e acontecimentos especiais.
E que Deus te abençoe e que você consiga realizar todos os seus sonhos!!!
Parabéns !!

Read more...

4 de jan de 2011

Calendário Kasinski

Motos Kasinski estréiam Calendário 2011 com lindas mulheres !!

Os 12 modelos de motocicletas Kasinski são destaque no Calendário Duas Rodas 2011. As bailarinas do Domingão do Faustão posaram para fotos sensuais junto com as motos Kasinski, no Rio de Janeiro.

O Calendário Duas Rodas 2011 chega às bancas na próxima semana numa versão de luxo no tamanho 30×45 cm, contendo 24 poses de 12 modelos de motocicletas Kasinski e 11 bailarinas e uma assistente de palco do Domingão do Faustão, da Rede Globo. As fotos, do fotógrafo de moda Faya, uniram em imagens coloridas e em preto-e-branco a sensualidade das bailarinas às motocicletas – um dos sonhos de consumo do brasileiro.
A Kasinski conta com um portfólio de 12 produtos de 110 a 650 cm3 de cilindrada. A marca é responsável por ações inovadoras no setor, sendo considerada uma fabricante revolucionária no segmento de motocicletas.
Fonte: Divulgação RockRiders.com.br com conteúdo fornecido pela Assessoria de Imprensa da Kasinski - Max Midia Comunicação

Read more...

2 de jan de 2011

Hip Hip Hurra !!

É que a viola fala alto no meu peito humano, e toda moda é um remédio pros meus desengano...
Quem está completando mais um aniversário hoje é o Márcio Franzoi nosso companheiro e violeiro oficial da TRIBO DO ASFALTO.
Os nossos sinceros votos de um Feliz Aniversário, muitos brindes e muitas felicidades !
E que Deus te abençoe e que você consiga realizar todos os seus sonhos!!!
Parabéns !!

Read more...

  ©Template by Dicas Blogger - Imagem do cabeçalho by Fernanda

Termos de Uso