9 de abr de 2011

A Verdade sobre Amortecedores

Verdades e Mitos sobre uma das principais peças das motos.

O amortecedor controla a movimentação das molas da suspensão e mantém os pneus em contato permanente com o solo, proporcionado estabilidade e boa pilotagem. Aquela boa curva, daquelas mais fechadas, que conseguimos fazer, sem o amortecedor e todo o conjunto da suspensão seria algo inimaginável.
Se eles não existissem, seguramente as motocas seriam impossíveis de guiar, ficariam parecendo pula-pulas motorizados.
Apesar de sua importância, muitos conceitos equivocados sobre o equipamento ainda são propagados, sem contar que algumas pessoas não dão a devida atenção a eles, dentro deste contexto, a Monroe, fabricante de amortecedores, esclarece os mitos e as verdades sobre essa peça.

Os amortecedores devem ser trocados aos pares, mesmo que apenas um deles esteja desgastado?
Verdade. Se apenas um dos amortecedores de cada par (dianteiro ou traseiro) é trocado, a outra peça pode ter menor eficiência devido ao maior tempo de uso. Esse desequilíbrio é capaz de prejudicar a dirigibilidade.

Os amortecedores duram apenas 40 mil quilômetros?
Mito. Em média, este é o prazo indicado para a verificação do equipamento. No entanto, esse período pode variar de acordo com as condições de uso do veículo.

Amortecedores desgastados aumentam a distância de frenagem do veículo?
Verdade. Amortecedores ineficientes aumentam sensivelmente a distância de frenagem do veículo. Testes realizados pela Monroe apontam que amortecedores com 50% de desgaste aumentam a distância de frenagem em até 2,6 metros, a uma velocidade de 80 km/h.

Amortecedores recondicionados possuem a mesma eficiência de uma peça nova?
Mito. Peças recondicionadas não têm eficiência e a recuperação das mesmas é uma verdadeira armadilha para o consumidor. Muitas vezes a peça recebe apenas uma pintura externa. O ideal é optar por marcas conceituadas no mercado e desconfiar de preços muito baixos.

Amortecedores ineficientes aumentam o cansaço do motorista?
Verdade. Amortecedores em más condições comprometem a dirigibilidade e provocam balanços e trepidações excessivas, tornando as manobras mais difíceis. Testes realizados pela Monroe indicam que um amortecedor com 50% de desgaste pode aumentar em 26% o cansaço do motorista, aumentando consideravelmente o risco de acidentes.

Amortecedores desgastados atrapalham a visibilidade de veículos que trafegam no sentido oposto?
Verdade. O balanço excessivo causado por amortecedores ineficientes produzem oscilações no feixe de luz dos faróis, atrapalhando os motoristas que trafegam no sentido oposto. Isso pode ofuscar a visão do condutor e causar graves acidentes.
Fonte : Jornal Motovrum

0 Comentários...Deixe o Seu !:

  ©Template by Dicas Blogger - Imagem do cabeçalho by Fernanda

Termos de Uso