25 de mai de 2010

Quebra Molas, Lombada ou Redutor de Velocidade ?

Todos os nomes citados acima se referem a mesma coisa.
Uma sinalização de trânsito cuja intenção é mostrar aos motoristas, motociclistas e ciclistas, que naquele ponto eles devem reduzir a velocidade.
Alguns são apenas ranhuras no asfalto, chamando a atenção dos condutores e pedestres pelo barulho que provocam ao serem transpostos pelos carros e motos.
Outros, do tipo lombada, são verdadeiros obstáculos a serem vencidos por carros e motos mais baixos.
E por que estamos escrevendo sobre esse assunto?
Porque reparamos diariamente com inúmeros motociclistas voando, literalmente, por esses obstáculos.
Pelas próprias características físicas das motocicletas, elas conseguem transpor essa sinalização de trânsito sem reduzir a velocidade, o que aumenta o risco de acidentes para todos que estão na via.
Para alguns motociclistas irresponsáveis, os “quebra molas” são verdadeiras rampas de salto em plena via pública, principalmente para os que pilotam motocicletas de estilo off-road, que possuem rodas maiores, maior vão livre do solo e suspensões mais resistentes a impactos.
E os redutores de velocidade não são colocados por acaso. Eles estão localizados em pontos onde há algum fator de risco para os pedestres e/ou para os próprios condutores dos veículos.
Geralmente estão próximos a escolas, hospitais, centros de compras, saídas de garagens, oficinas, cruzamentos, etc.
Portanto, não devem servir de rampas para saltos e nem serem transpostos em alta velocidade.
Pense nisso e pilote com segurança e responsabilidade.

0 Comentários...Deixe o Seu !:

  ©Template by Dicas Blogger - Imagem do cabeçalho by Fernanda

Termos de Uso